Café pode ajudar a prevenir o Alzheimer?

Você provavelmente já ouviu falar que café faz bem para a saúde. Afinal, a bebida já foi citada como benéfica até para o coração. Contudo, uma pesquisa publicada no ano de 2018 vai além e relata que o consumo moderado de café pode ajudar a diminuir riscos de desenvolver Alzheimer e Parkinson! 

Ambas acometem o sistema nervoso e não têm cura. Nos dois casos, a medicação usada visa apenas retardar a progressão dos sintomas e oferecer mais qualidade de vida. Mesmo assim, pouco a pouco novas manifestações clínicas vão surgindo.

 

Por isso, é melhor fazer o possível para evitá-la! Saiba mais sobre o uso de café para prevenir o Alzheimer e conheça a doença! 

Pesquisa sugere que café pode ajudar a evitar o Alzheimer 

Um estudo feito por cientistas da Universidade Health Network, afiliada à Universidade de Toronto, no Canadá. Foram avaliadas: 

  • a torra leve;
  • a torra escura;
  • a torra escura descafeinada.

Durante o estudo, os pesquisadores observaram que os benefícios do café em relação à prevenção do Alzheimer era igual na torra escura com cafeína e sem cafeína. Com isso, concluíram que o benefício oferecido pela bebida em relação a essas duas doenças neurológicas não eram consequente da existência da cafeína em sua composição.  

Assim, a pesquisa seguiu e descobriu que o efeito protetor era causado graças à existência de compostos conhecidos como fenilindanos. E esses fenilindanos só surgem durante a torrefação dos grãos de café. Por isso, os resultados sugerem que a torra escura tende a ser mais protetora do que a torra leve. 

Uma vez que esses compostos entram no organismo, eles conseguem inibir que o corpo produza duas proteínas que estão relacionadas ao Alzheimer e ao mal de Parkinson. São elas: beta-amiloide e a tau.

Embora essa descoberta seja promissora, ainda não se sabe se os compostos conseguem atravessar a barreira hematoencefálica e evitar verdadeiramente o Alzheimer. Assim, os responsáveis pelos estudos alertam que será preciso mais pesquisas antes de saber o quão eficiente beber café é para evitar o Alzheimer. 

“O que esse estudo faz é tomar a evidência epidemiológica, tentar refiná-la e demonstrar que há de fato componentes no café que são benéficos para afastar o declínio cognitivo. É interessante, mas estamos sugerindo que o café é uma cura? Absolutamente não”, diz Donald Weaver, o principal autor do estudo.

Como prevenir a Doença de Alzheimer?

Embora as suspeitas de que o café possa ser útil existam, a verdade é que ainda não há uma forma totalmente eficaz para evitar a doença. No entanto, há alguns hábitos que podem ajudar como, por exemplo, são:

  • Estudar;
  • Ler frequentemente;
  • Fazer exercícios de matemática como de lógica, por exemplo;
  • Jogar jogos de tabuleiro;
  • Não fumar;
  • Não consumir bebida alcoólica;
  • Optar por alimentos saudáveis;
  • Praticar atividades físicas regulares.

Enquanto a relação do café com o Alzheimer não for totalmente definida, o melhor mesmo é continuar consumindo a sua bebida favorita, não é? 

Mas e agora? Beber a torra clara ou escura? Veja a diferença no processo